Neymar pode fechar ano com a coroa de 'Rei da América'

A temporada mais vencedora de Neymar pode ser fechada com novo prêmio. Hoje será anunciado o ganhador do troféu "Rei da América", oferecido pelo jornal uruguaio El País, e o brasileiro, campeão e destaque da Libertadores, disputa a coroa com o chileno Vargas, da Universidad de Chile, que levou a Copa Sul-Americana. Muricy Ramalho concorre ao prêmio de melhor técnico.

/ LUÍS AUGUSTO MONACO, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2011 | 03h02

Neymar já foi eleito o melhor do País e, pela Conmebol, o craque da Libertadores. Agora, falta o título de melhor da América. Também figura na lista do Prêmio Puskas, da Fifa, de gol mais bonito de 2011, pela pintura contra o Flamengo, no Brasileiro.

Alex de volta? Antes de o Nacional de 2011 acabar, o Santos procurava um zagueiro para a disputa do Mundial. Tentou Bolívar, do Inter, e não obteve êxito. Agora, o clube tem a chance de repatriar Alex, campeão brasileiro em 2002 e que está no inglês Chelsea. O jogador admite até abrir mão do alto salário para voltar ao time que o revelou.

Mas se quiser repatriar o zagueiro, o Santos terá de esperar até os últimos dias da janela de transferências de janeiro. O Chelsea prefere negociá-lo com um europeu para ganhar mais dinheiro.

Alex recebe 3,2 milhões (R$ 7,8 milhões) limpos por ano, e isso também pode dificultar sua volta ao Brasil.

Seu salário mensal é de R$ 650 mil, e para jogar num clube brasileiro (o Inter também o deseja) ele gostaria de receber em torno de R$ 450 mil e R$ 500 mil - valor alto para os padrões do País em se tratando de um zagueiro que em junho fará 30 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.