Neymar pode jogar contra o Corinthians

SANTOS. LEIA MAIS

SANCHES FILHO / SANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h05

NOTÍCIAS DO CLUBE NO

estadao.com.br/e/santosfc

O departamento jurídico conseguiu o adiamento do julgamento de Neymar por conta de sua expulsão contra a Ponte Preta, no domingo passado. Assim, garantiu a presença do craque no clássico contra o Corinthians, dia 3 de março, no Morumbi.

O julgamento estava marcado para segunda-feira, mas só vai acontecer no dia 4. Como cumpre suspensão automática diante do XV de Piracicaba, amanhã, ele só não entrará em campo no clássico por questões físicas.

Neymar pode pegar até 15 jogos de suspensão pela expulsão por se envolver em uma confusão com o lateral-direito Artur. O santista foi indiciado com base no artigo 254-A, inciso I, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em punir quem "desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares" com quatro a 12 partidas. Ele também foi citado no artigo 250, por "praticar ato desleal ou hostil", podendo pegar suspensão de uma a três partidas. As penas, somadas, podem chegar a 15 partidas.

Sem Neymar, Muricy Ramalho terá de driblar as críticas de conselheiros dissidentes e torcedores, que começam a ganhar corpo. As cobranças são para que o treinador dê padrão de jogo ao time e aproveite mais os campeões da Copa São Paulo. Se o Santos não derrotar o XV, serão quatro tropeços seguidos e a situação vai se complicar. Uma forte chuva ontem alagou os três campos do CT Rei Pelé e o treino foi cancelado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.