Neymar se irrita com as vaias e não dá entrevista

/O Santos deixou o campo sob vaias. Também pudera. A equipe faz sua pior campanha nos últimos nove anos no Campeonato Brasileiro. Neymar, surpreso com o comportamento do torcedor, olhou para as arquibancadas e não quis dar entrevista. Léo se dirigiu a uma das organizadas e argumentou. "É num momento como este que mais precisamos do torcedor".

SANCHES FILHOSANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2012 | 03h05

O jogo de ontem foi o último de Alan Kardec com a camisa santista. Seu empréstimo termina no sábado e, segunda-feira, ele terá de se reapresentar ao Benfica, de Portugal, dono dos seus direitos econômicos.

Como a contratação de Bill está travada em razão de o Bragantino (dono de 35% dos direitos do jogador) exigir uma importância não revelada, o Santos terá de se apressar para acertar a renovação com Borges. O atacante ficará sem contrato em dezembro e, se os dirigentes não o procurarem, ele deverá assinar pré-contrato com Palmeiras ou Cruzeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.