Neymar terá período para descansar e se recuperar

Sonolento, cansado e com dores no braço direito, Neymar chegou ao Centro de Treinamento Rei Pelé às 11h de ontem. Ficou apenas meia hora no departamento médico para imobilizar o braço com uma tala e, como estava dispensado do treino da tarde, foi para casa dormir.

SANCHES FILHO / SANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO , O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2012 | 03h07

O médico Maurício Zenaide explicou que a imobilização é para acelerar o processo de cura do entorse que o jogador sofreu no punho contra o Bahia, no dia 29.

O craque começou ontem o período que terá para descansar e tentar recuperar os três quilos que perdeu no começo do mês. Suspenso, ele não poderá enfrentar a Portuguesa, amanhã.

Até o jogo contra o Universidad de Chile, quarta-feira, no Pacaembu, pela decisão da Recopa, Neymar vai treinar pouco e obedecer a orientação da nutricionista do clube na alimentação.

Treino. O volante Adriano passou por uma reavaliação médica, ontem à tarde, foi vetado para o treino com bola e dificilmente será liberado para o jogo. O volante Henrique e o lateral-esquerdo Léo treinaram separadamente e podem voltar na quarta-feira, na final do torneio Sul-Americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.