NFL: autoridades preocupadas com uso de banheiros

Para se ter uma idéia do tamanho que é o Super Bowl, o maior evento esportivo dos Estados Unidos, as autoridades da cidade de Miami - que será o palco da final da NFL entre Indianápolis Colts e Chicago Bears - pediram a seus residentes evitar ir ao banheiro durante o intervalo do jogo, que acontece no Dolphin Stadium, em Miami, no próximo domingo às 21h30 (de Brasília).A explicação: a audiência do Super Bowl é tão grande, que se boa parte dos telespectadores foram ao banheiro no half-time (intervalo entre o segundo e o último quarto do jogo), a cidade pode sofrer um colapso em sua rede de esgotos. O half-time do Super Bowl é famoso por shows de artistas como o Rolling Stones, por exemplo, que foi a grande atração no ano passado. Neste ano em Miami será a vez do cantor e multiinstrumentista Prince."Seria melhor para todos que as pessoas usassem seus banheiros antes ou depois desse intervalo", explicou Frank Calderón, porta-voz do serviço de águas e esgotos de Miami. Segundo dados do órgão, em um half-time do Super Bowl, cerca de 90 milhões de norte-americanos utilizam seus banheiros, o que representa 1,3 bilhão de litros de água jogadas no sistema de esgotos, um número similar à quantidade de água que cai das cataratas do Niagara em 39 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.