NFL renova contrato e Wembley receberá jogos de futebol americano até 2020

A NFL, principal liga de futebol americano, anunciou nesta quinta-feira que renovou contrato para continuar realizando ao menos duas partidas da temporada regular por ano no Estádio de Wembley, em Londres, até 2020. Pelo mesmo acordo, o Jacksonville Jaguars vai continuar jogando uma vez por ano na capital inglesa.

Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2015 | 15h29

Desde 2007 a NFL leva partidas para Londres. Nas seis primeiras temporadas foram realizados um jogo por ano, sempre em outubro. Em 2013 começou a valer o contrato que agora foi renovado, com dois jogos naquela temporada sendo realizados em Wembley. Em 2014 foram três partidas, mesmo número previsto para 2015.

Com a renovação anunciada nesta quinta-feira, a NFL garante que, nas temporadas de 2018 a 2020 vai ter pelo menos quatro jogos em Londres. Recentemente a liga anunciou acordo para jogar duas partidas por ano no futuro estádio do Tottenham, que deverá ser inaugurado em 2018. Este acordo é válido por sete anos.

O anúncio da renovação com Wembley vem um dia antes da primeira semifinal da Copa do Mundo de Rúgbi, que está sendo disputada na Inglaterra. Tanto as semifinais quanto a final serão em Twickenham, um estádio tão grande quanto Wembley, mas utilizado apenas para jogos de rúgbi. Apesar das similaridades deste esporte com o futebol americano, foi o futebol quem abriu sua casa para a NFL.

E o acordo tem sido bom para todos os lados. "Londres é a nossa casa fora da nossa casa", comentou o dono do Jaguars, Shad Khan. Os dois jogos que a franquia fez na Inglaterra atraíram mais de 83 mil espectadores. No domingo, após as semifinais da Copa do Mundo de Rúgbi, o time de Jacksonville enfrenta o Buffalo Bills em Wembley. Já no fim de semana da final da Copa do Mundo, no domingo, o Kansas City Chiefs joga diante do Detroit Lions no mesmo estádio.

Recentemente, os donos de franquias da NFL chegaram a um acordo para que a liga realize partidas da temporada regulares em outros países até pelo menos 2025. México, Alemanha e Canadá estão na fila. O Houston Texans pretende jogar no Azteca já no ano que vem.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol americanoWembley

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.