David J. Phillip/AP
David J. Phillip/AP

NFL vai homenagear Kobe Bryant antes do início do Super Bowl

Chris Doleman, ex-jogador do Minnesota Vikings morto na quarta-feira, também será lembrado

Wilson Baldini Jr., enviado especial a Miami, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2020 | 06h40

As cantoras Shakira e Jennifer Lopez, que vão cantar juntas pela primeira vez no intervalo do Super Bowl, domingo, em Miami, confirmaram o que já se esperava desde o início da semana. A NFL prepara uma homenagem a Kobe Bryant, morto em uma acidente de helicóptero na Califórnia, no último domingo, juntamente com sua filha Gianna, de 13 anos, e mais sete pessoas.

"Todos nós vamos nos lembrar de Kobe no domingo e celebrar a vida e a diversidade neste país", disse a colombiana Shakira, que completa 43 anos no dia do Super Bowl. Tenho certeza de que ele ficaria muito orgulhoso de ver a mensagem que vamos enviar."

Bastante emocionada, J.Lo, de 50 anos, referiu-se à mulher de Kobe. "Temos que amar as pessoas quando elas estão aqui e não esperar", afirmou a norte-americana. "Penso em Vanessa como mãe, ao perder seu melhor amigo e parceiro, além de sua filha. Como isso deve ser terrível para ela agora."

Roger Goodell, comissário da NFL, confirmou que algo especial será feito antes do jogo entre San Francisco 49ers e Kansas City Chief. "Não é apenas Los Angeles que está lamentando a perda de Kobe. Ele era uma pessoa especial. "Eu tive a oportunidade de conhecê-lo. Ele trouxe muito para o nosso mundo. Tudo isso é muito difícil de entender e de processar."

Além de Kobe Bryant, também será homenageado Chris Doleman, ex-jogador do Minnesota Vikings, morto na quarta-feira, aos 58 anos, vítima de câncer no cérebro. Um minuto de silêncio antes do Pro Bowl domingo passado foi respeitado em memória de Kobe Bryant. No Grammy Awards, domingo, os cantores Alicia Keys e Boyz II Men cantaram uma música na abertura do evento. Os organizadores do Oscar, dia 9, também confirmaram uma homenagem ao ex-jogador dos Los Angeles Lakers, que ganhou uma estatueta, em 2018, pelo curta animado "Dear Basketball". 

* Repórter viajou aos EUA a convite da ESPN, transmissora oficial da NFL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.