Satiro Sodré/Agif - 25/8/12
Satiro Sodré/Agif - 25/8/12

Nicholas derrota Cielo no Maria Lenk e fatura índice para Mundial

Na prova dos 50 metros borboleta, Nicholas dos Santos crava o tempo de 23s05

AE, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2013 | 18h29

RIO DE JANEIRO - Nicholas dos Santos surpreendeu nesta sexta-feira ao superar Cesar Cielo, atual campeão mundial, nos 50 metros borboleta no Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Além de faturar a medalha de ouro, ele garantiu o índice para disputar a prova no Mundial de Barcelona, em julho.

Nicholas marcou o tempo de 23s05, abaixo do índice de 23s11. Cielo fez 23s16. "De manhã, eu não tinha nadado tão bem. Não tinha encaixado bem a braçada", avaliou o nadador, satisfeito por bater o campeão dos 50m borboleta no último Mundial. "Ele é o atual campeão. Vamos tentar fazer uma dobradinha lá", disse, em entrevista à Sportv.

Mesmo sem obter o índice, Cielo tem boas chances de disputar a prova em Barcelona, por causa dos critérios da Federação Internacional de Natação (Fina) que leva em conta o ranking do ano. Com o resultado desta sexta, o brasileiro tem o quarto melhor tempo da temporada até agora.

Confiante na classificação, Cielo já faz coro com Nicholas dos Santos e projeta dobradinha nos 50m borboleta. "Estou muito contente por ele. Vamos ver se conseguimos fazer uma dobradinha no Mundial", disse o nadador, que fez avaliação positiva de sua prova.

"Acho que fiz uma boa prova. Na saída não fui tão bem, fiquei atrás do Nicholas. Tive que buscar no braço e cheguei pertinho dele", comentou Cielo. Ele atribuiu a ausência do índice aos poucos treinos no estilo. "Está faltando um pouco de confiança no borboleta. Não treinei direito neste ano. Mas vou tentar defender meu título".

Cielo também disse ter ficado feliz com sua participação no Maria Lenk. Ele encarou a competição como um "teste" para seus joelhos, operados no fim do ano passado. "Fiz o que tinha que fazer nesse campeonato. Vim aqui, testei o joelho e garanti minha classificação", disse o nadador, que não vai disputar os 100m livre no sábado.

Antes de Cielo e Nicholas, Henrique Rodrigues e Thiago Pereira também garantiram vaga no Mundial na prova dos 200 metros medley. Rodrigues surpreendeu ao derrotar Pereira, quarto colocado nos Jogos Olímpicos de Londres, com o tempo de 1min57s37. Pereira anotou 1min57s48.

Com o resultado, Rodrigues confirmou o bom momento na prova. Ele já havia faturado o índice na eliminatória, pela manhã, com 1min57s37. "Estou muito contente. Esse tempo é bom não só para o Mundial, mas para minha preparação para a Olimpíada de 2016. Estou me focando na parte final da prova, que foi o que eu tive dificuldade em Londres, e é assim que vou ganhar", afirmou Rodrigues.

Na versão feminina da prova, Joanna Maranhão conquistou o índice ao levar o ouro com o tempo de 2min14s29. Ela já estava garantida nos 400 metros medley. Ao fim do penúltimo dia de competições no Maria Lenk, 14 brasileiros já faturaram índice para o Mundial de Barcelona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.