Niclevicz prepara desafio nos Andes

O alpinista Waldemar Niclevicz adiou por mais de 10 anos, mas agora se volta para o grande feito da carreira: o Projeto Mundo Andino, que pretende explorar, ao longo de três anos, 7.500 km através da Cordilheira dos Andes e traçar um perfil físico e humano da região, do Chile a Venezuela. ?Tive de investir em outros trabalhos, como a escalada ao Monte Everest, mas esse é o meu projeto de vida?, disse Niclevicz. A bordo do caminhão Andino, motorhome off road 4x4, uma equipe de seis pessoas, sendo quatro alpinistas, escalarão cerca de 100 montanhas e farão estudo detalhado sobre os Andes, levando assistência médica à população. O trabalho será registrado em vídeo, fotos e site (www.mundoandino.com.br). ?Há pouca literatura sobre a geografia do local. Quero ampliar esse conhecimento, pois lá estão algumas das maiores montanhas do mundo.? Para viabilizar o projeto, orçado em US$ 360 mil por ano, Niclevicz procura patrocinadores, mas já definiu as datas da empreitada: as 22 expedições vão de 7 de janeiro de 2004 a março de 2007. O Andino pode ser visto de perto na Adventure Sports Fair, que vai até domingo, no Pavilhão da Bienal, no Ibirapuera. Os ingressos para o evento, apoiado pela Rádio Eldorado, custam R$ 12. Crianças até 10 anos não pagam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.