Nico Rosberg minimiza ascensão de Hamilton: 'Ainda tenho um ponto de vantagem'

Nico Rosberg disse nesta sexta-feira que não se sente pressionado por Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes na Fórmula 1. Após abrir 43 pontos de vantagem na liderança do Mundial de Pilotos, o alemão viu o inglês encurtar esta distância para apenas um ponto.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

15 de julho de 2016 | 21h30

Nico Rosberg teve um ótimo início de temporada com quatro vitórias consecutivas, mas nas seis que vieram na sequência, venceu apenas uma vez, enquanto que Lewis Hamilton faturou quatro e ainda alcançou a pole em três das últimas quatro corridas.

"Se olhar o copo metade cheio, nas últimas 10 corridas eu consegui manter um ponto de vantagem. Posso conviver com isso", comentou. "Mas não quero falar sobre pontuação. Não foco ou penso nisso. Silverstone (Inglaterra) ficou para trás. Lewis fez um trabalho melhor todo final de semana e estou pronto para superar isso".

Nico Rosberg também destacou a vantagem que a Mercedes tem em relação as outras duas principais escuderias - Ferrari e Red Bull. O melhor colocado desses dois times é o finlandês Kimi Raikkonen, terceiro colocado, 62 pontos atrás do alemão. "Temos que ficar de olho nos nossos oponentes. Temos grandes corridas vindo por aí. Está tudo correndo bem para nós até agora e tenho certeza que tudo continuará bem nas futuras etapas".

Apesar de minimizar a concorrência com Lewis Hamilton, é bom Nico Rosberg ficar de olho no GP da Hungria que acontece no próximo dia 24. A etapa é uma das preferidas do piloto inglês, que já venceu em quatro oportunidades e alcançou a pole em três das últimas quatro corridas no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.