Nigeriana perde ouro da Commonwealth após doping

O Comitê Organizador dos Jogos da Commonwealth confirmou oficialmente nesta terça-feira que a nigeriana Osayomi Oludamola perdeu a medalha de ouro conquistada na última quinta, na prova dos 100 metros. Ela foi desclassificada da competição após ter sido flagrada no exame antidoping, que apontou a presença da substância proibida metil-hexanamida em seu organismo.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 16h27

Veja também:

link Mais um nigeriano é pego no antidoping na Índia

blog Blog Correr por aí: Dobradinha histórica

O resultado positivo do antidoping já tinha sido anunciado na última segunda-feira, mas a organização dos Jogos da Commonwealth esperou a confirmação da contraprova, nesta terça, para anunciar a punição da nigeriana. Assim, Natasha Mayers, atleta de St. Vincent e Granadina, herdou a medalha de ouro nos 100 metros, enquanto a inglesa Katherine Endacott levou a prata e a camaronesa Bertille Delphine Atangana ficou com o bronze.

O curioso é que a nova medalhista de ouro dos 100 metros tinha terminado apenas em terceiro lugar na prova. No mesmo dia da disputa, a australiana Sally Pearson, que tinha cruzado a linha de chegada em primeiro lugar, foi desclassificada por ter queimado a largada. E agora, com a desclassificação de Oludamola, Natasha Mayers acabou ficando com o título.

Depois do caso de Oludamola, mais um doping foi detectado na delegação de atletismo da Nigéria que disputa dos Jogos da Commonwealth. Foi também nesta terça-feira, quando aconteceu a divulgação do resultado positivo do nigeriano Samuel Okon, que ficou em sexto lugar nos 110 metros com barreiras, prova disputada na última sexta-feira - a substância foi a mesma metil-hexanamida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.