Fabio Piva/Red Bull Content Pool
Fabio Piva/Red Bull Content Pool

Nino Schurter vence etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike no Brasil; Avancini é 13º

Ciclista brasileiro se emociona diante de 20 mil pessoas que prestigiaram o evento em Petrópolis, na Serra Fluminense

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2022 | 22h25

Competindo no "quintal" de sua casa, o brasileiro Henrique Avancini se emocionou após a realização da etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike em Petrópolis, na Serra Fluminense. O ciclista, que tinha sido quarto colocado na disputa do short track na sexta-feira, acabou perdendo algumas posições no final da disputa do cross country olímpico (XCO) neste domingo, 10, e terminou na 13ª posição.

“Esse foi o momento mais especial, intenso e marcante da minha carreira. Gostaria de ter entregue um resultado muito melhor do que eu entreguei nas duas provas. Isso mostra muito mais do que foi esse dia, do que foi a competição, mostra o significado de uma vida dedicada ao esporte, e o carinho, apoio e intensidade que recebi das pessoas é algo inexplicável", disse.

A pista montada para essa tradicional disputa internacional recebeu um público de cerca de 20 mil pessoas, que vibravam a cada volta dos melhores atletas do mundo. No final, a vitória emocionante ficou com o suíço Nino Schurter, nove vezes campeão mundial e considerado o maior ciclista de mountain bike da história. Ele fechou a prova em 1h26min52s.

O XCO é a categoria olímpica do mountain bike e esta importante etapa da Copa do Mundo retornou ao Brasil após 17 anos. Os próprios atletas estrangeiros ficaram empolgados com o apoio do público e por terem visto tanta gente torcendo a cada pedalada. Para Avancini, o evento foi marcante, apesar de não ter conquistado um melhor resultado diante de sua torcida.

"Para mim é a prova de que valeu muito a pena dedicar a vida a isso, faria tudo de novo, faria as mesmas renúncias, as mesmas escolhas, porque esse final de semana foi muito especial para mim e para o esporte que tanto amo”, comentou o atleta da Cannondale Factory Racing.

O ciclista terá alguns dias para recarregar a energia e já terá de partir para a Europa, para continuar disputando as etapas da Copa do Mundo de MTB. Em maior, ele disputará o evento em Albstadt, na Alemanha, entre os dias 6 e 8, e depois em Nové Mesto, na República Checa, de 13 a 15. Já com a sensação de ter ajudado a colocar uma etapa brasileira no mapa da modalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.