No ar, uma nova geração no atletismo

Ainda reclamam do apoio à modalidade, mas não desistem de sonhar com Mundiais, recordes e Jogos Olímpicos. Atletas de 16, 17, 18 anos treinam todos os dias no Complexo Esportivo Constancio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, buscando esses objetivos. Fazem parte de uma nova geração do atletismo brasileiro. Um dos que surpreendem o técnico Nélio Moura é Renan Fernandes, do salto em altura, juvenil que completa 18 anos em junho. Tem 1,87m e uma flexibilidade incrível. Sua melhor marca é 2,11 m (o recorde mundial juvenil é 2,37m).Leia a íntegra no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.