Luiz Pires/ Vipcomm
Luiz Pires/ Vipcomm

No futsal,brasileiros entram em quadra por vaga na decisão da Intercontinental

Carlos Barbosa e Intelli/Orlândia têm pela frente seus adversários mais difíceis da primeira fase

MARCIO DOLZAN , O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2013 | 11h07

SÃO PAULO - Os dois clubes brasileiros que disputam a Copa Intercontinental de Futsal jogam suas classificações à final do torneio neste sábado. A partir das 17h30, o Carlos Barbosa entra em quadra para enfrentar os espanhóis do El Pozo, enquanto que a Intelli/Orlândia joga na sequência contra o Dínamo, da Rússia.

Pelo Grupo 1, Carlos Barbosa e El Pozo venceram seus jogos contra o World United pelo mesmo placar, 9 a 2. Com isso, caso haja empate no jogo deste sábado, a definição do classificado à final será pelo número de cartões tomados por cada equipe. E, nesse critério, a equipe gaúcha leva vantagem até o momento – levou apenas um, contra três dos espanhóis. Se houver empate também nesse critério, o classificado será definido por sorteio.

“Esperamos um jogo bem disputado. Acompanhamos o jogo deles [El Pozo] e deu pra ver que eles vêm no mesmo estilo de jogo que foi o do Inter no ano passado”, avaliou o ala Kevin, do Carlos Barbosa. O Inter/Movistar, da Espanha, é o maior campeão do torneio e fez a final contra a equipe gaúcha nas edições de 2011 e 2012.

Já no Grupo 2, somente a vitória interessa à Intelli/Orlândia. Na noite de sexta-feira, o Dínamo goleou o Glucosoral, da Guatemala, por 8 a 1 e alcançou sete gols de saldo, contra cinco do time de Orlândia, o que deixa os russos na liderança da tabela.

Caso os dois times brasileiros avancem à final, será a primeira vez na história da competição que dois clubes de um mesmo país disputarão a decisão do torneio. Nas outras sete edições, a final sempre foi disputada por um time espanhol e um brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.