Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

No seu 13º time, Marinho diz querer marcar nome na história do Santos

Atacante avalia que o clube paulista pode ser a oportunidade certa na sua carreira

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2019 | 10h18

Com 29 anos, Marinho já tem rodagem considerável no futebol. Contratado no fim de maio pelo Santos, o atacante está no 13º clube da sua carreira, mas garante não desejar aumentar esse trecho do seu currículo. Mais experiente, o atacante avalia que o clube paulista pode ser a oportunidade certa na sua carreira para se firmar em um time, ficando identificá-lo a ele.

"Agora tenho a oportunidade de fazer história em um clube, depois de passar por muitos. Quero fazer um grande trabalho e ter uma sequência maior, podendo ficar mais tempo no Santos e criar uma identidade", afirmou Marinho, em entrevista ao SporTV, na noite de segunda-feira.

Em negociação que envolveu a ida do zagueiro David Braz para o Grêmio, Marinho poderá ter essa oportunidade de se consolidar em um clube, pois assinou contrato até o fim de 2022. O atacante deu um pequeno passo para isso no fim de semana ao fazer a sua estreia pelo Santos, tendo entrado durante o segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, um dos outros 12 clubes que defendeu na sua carreira, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro.

Uma das motivações para Marinho deixar a fama de andarilho para trás, marcando seu nome no Santos, pode estar no banco de reservas. Na entrevista, o atacante elogiou o técnico Jorge Sampaoli ao comentar as suas primeiras impressões sobre o trabalho do argentino, exaltando a intensidade dos treinamentos.

"Me surpreendeu o trabalho dele. É excelente. Um cara inteligente. O treino da segunda-feira é igual ao de sábado, de antes do jogo, com a mesma intensidade. Trabalha muito o time que joga e o que não joga. Muda muitas situações de esquema, variações. É um privilégio poder ser treinado por ele. Falei com ele. Estou disposto a aprender, a me tornar um profissional e uma pessoa melhor", disse.

Com Marinho à disposição, o elenco do Santos volta a treinar às 15h30 desta terça-feira, no CT Rei Pelé, em mais uma etapa da preparação para o duelo de quinta com o Atlético Mineiro, no Pacaembu, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No confronto de ida, os times empataram por 0 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.