No turfe, Euquemando vence tradicional Grande Prêmio São Paulo

Cavalo montado por André Luiz Silva superou Fantastic Boy e cruzou o disco com meio corpo de vantagem

Estadão Conteudo

06 Maio 2018 | 22h02

Euquemando, de propriedade do Haras Chello, foi o vencedor da 64ª edição do Grande Prêmio São Paulo, realizado neste domingo no Hipódromo Paulistano. Com uma bela atropelada no final, o cavalo montado por André Luiz Silva superou Fantastic Boy e cruzou o disco com meio corpo de vantagem. Sammy terminou em terceiro.

Jeane Alves, única joqueta a participar do páreo, levou Kris Five ao oitavo lugar.

Criação do Haras Anderson, Euquemando completou os 2.400 metros em pista de grama leve em 2min25s455. O início da prova teve domínio de Justiça Divina Now. O cavalo passou na frente o disco pela primeira vez, seguido por Olympic Google, Fortune Danz e Fortune Queen. Naquele momento, o futuro vencedor estava em 12º lugar entre 14 competidores.

Na reta final, porém, Justiça Divina perdeu espaço e com isso saiu da luta pela vitória - acabaria fechando a prova em último lugar. Olympic Google também perdeu forças.

Future Queen chegou a liderar, mas Fantastic Boy (montado por Carlos Lavor, que substituiu Angelo Márcio Souza) passou a lutar pela vitória

Então, Euquemando começou a despontar. Ficou sem passagem pelo meio da raia, começou a agir pela linha um e acabou por superar Fantastic Boy no fim. Foi a sexta vitória do filho de Public Purse e First Birth.

O Jockey Club recebeu cerca de 6,5 mil pessoas neste domingo, que teve atrações voltadas para crianças e até um festival de Food Trucks.

Mais conteúdo sobre:
Turfe Grande Prêmio São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.