Noivo de Gisele, astro da decisão

Patriots apostam em Tom Brady para bater os Giants e levar o título

O Estadao de S.Paulo

03 de fevereiro de 2008 | 00h00

Dois astros de diferentes estilos se encontrarão na grande decisão do Super Bowl, hoje, às 21 horas (de Brasília), em Phoenix. No confronto mais esperado pelos fãs do futebol americano, o New England Patriots do popstar e namorado de Gisele Bündchen, Tom Brady, enfrentará o New York Giants, do bom moço Eli Manning, no estádio da Universidade de Phoenix, no Arizona (a Band Sports vai mostrar ao vivo).Brady e Manning são quarterbacks populares, cada um de seu jeito. O primeiro é considerado o grande galã do futebol americano. Apesar de rejeitar a fama de mulherengo, sempre é muito assediado, e sua atual namorada é nada menos do que a top model brasileira Gisele Bündchen. Ela estará hoje na arquibancada. Para se ter uma idéia do seu sucesso entre as mulheres, na semana passada o jogador teve de se livrar de uma repórter de TV mexicana que o seguiu vestida de noiva. Seus ganhos em 2007 foram estimados por especialistas em aproximadamente US$ 9 milhões.Manning leva a pior no quesito assédio feminino, mas mostra potencial publicitário. Namora a garota que conheceu na faculdade, e seu jeito bom moço - entre outras ações, ajudou os desabrigados do furacão Katrina - já lhe rendeu contratos da ordem US$ 5 milhões. Porém, o quarterback dos Giants está alguns estágios abaixo do rival em termos publicitários. Ele vem de uma família de astros - o irmão Peyton já venceu um Super Bowl e o pai, Archie, foi um jogador de grande reputação -, mas ainda precisa mostrar serviço para se firmar como astro.No papel, Brady é a principal estrela da invicta equipe dos Patriots (18 vitórias), mas tem sofrido com uma contusão no tornozelo. Na temporada, a equipe marcou um total de 589 pontos, com 50 passes para touchdown de Brady, um recorde em apenas um campeonato. Além disso, no último confronto entre as duas equipes, o New England venceu por 38 a 35. Manning fez 23 passes para touchdowns dos Giants, que marcaram 373 pontos ao longo da temporada, somando 10 vitórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.