Novas regras para a fabricação de trajes

Após polêmica na Olimpíada de Pequim, a Federação Internacional de Natação (Fina) informou que na reunião marcada entre os dias 12 e 16 de março definirá os limites que os fabricantes de trajes de competição terão de observar para que seus produtos sejam aprovados para provas oficiais da entidade. O encontro será em Dubai, nos Emirados Árabe. As empresas terão três meses para adaptar seus trajes às regras antes do Mundial, que será em Roma, no mês de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.