Novo líder no Brasileirão e na Série B, Hamilton vence na F-1 e o Brasil é campeão das maratonas aquáticas

Cruzeiro e Chapecoense agora estão na ponta dos respectivos torneios, britânico ganha a primeira com a Mercedes e Poliana e Ana Marcela garantem ouro no geral para o Brasil

O Estado de S. Paulo

29 de julho de 2013 | 08h28

SÃO PAULO - O final de semana foi movimentado no mundo esportivo. Com jogos surpreendentes, o Brasileirão e a Série B possuem novos líderes. O Internacional é derrotado pelo Náutico e vê o Cruzeiro assumir a ponta da tabela, com uma goleada em cima do Atlético-MG. Já na segunda divisão, o Palmeiras não conseguiu superar o Guaratinguetá e foi ultrapassado pela Chapecoense. Na Fórmula 1 não tivemos muitas novidades, Lewis Hamilton, que largou na pole position, venceu. Felipe Massa não teve um bom desempenho e ficou apenas na 8.ª posição no Circuito de Hungaroring, na Hungria. Já dentro d'água, o Brasil não decepcionou. Graças ao ótimo desempenho de Poliana Okimoto e Ana Marcela Cunha, o País se sagrou campeão das maratonas aquáticas do Mundial de Barcelona.

BRASILEIRÃO

A sequência sem vitórias do São Paulo continua, mas a série de oito derrotas seguidas chegou ao fim. Neste domingo, o clássico contra o Corinthians, no Pacaembu, teve poucas chances de gol, os dois goleiros trabalharam pouco, e o placar não saiu do 0 a 0. Justo, o resultado pela nona rodada do Brasileirão acabou sendo ruim para as duas equipes, mas principalmente para o time tricolor, que está na zona de rebaixamento, no 18º lugar, com nove pontos em 11 jogos.

Chegou ao fim a série de seis jogos sem derrota do Santos. Em Campinas, a equipe do técnico interino Claudinei Oliveira perdeu para a Ponte Preta, por 1 a 0, em jogo válido pela décima rodada do campeonato. Com o resultado, desperdiçou a chance de entrar no G-4 do torneio. Para a Ponte Preta a vitória significou o fim de uma sequência de três jogos sem triunfos - nesse período, o time campineiro comemorou duas derrotas para o Nacional-AM, sendo eliminado da Copa do Brasil e se classificando para a Copa Sul-Americana. Foi também a primeira vitória da Ponte em casa neste Brasileirão (antes haviam sido três derrotas e um empate).

Mudança na ponta da tabela

O Internacional perdeu a liderança após ser derrotado por 3 a 0 pelo Náutico, neste domingo, na Arena Pernambuco. Os comandados de Dunga buscavam a sua quinta vitória consecutiva na competição, mas acabaram sucumbindo diante do clube pernambucano. A vitória fez com que o até então lanterna subisse uma posição na tabela de classificação, deixando para trás a Portuguesa.

Embalado por uma série de 12 vitórias em 12 jogos como mandante, o Cruzeiro goleou o arquirrival Atlético-MG, por 4 a 1, no Mineirão, neste domingo e assumiu a liderança provisória do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos, após nove rodadas. A equipe celeste está empatada com o Inter, mas fica à frente pelo saldo de gols.

SÉRIE B

O Palmeiras não é mais líder da Série B. Neste sábado, a equipe de Gilson Kleina foi até Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, e não saiu de um empate em 1 a 1 com os donos da casa, mesmo tendo atuado por 27 minutos com um jogador a mais - Ruan foi expulso. Leandro abriu o placar no primeiro tempo, após jogada inteligente de Valdivia, e Douglas Tanque deixou tudo igual na volta do intervalo. Com esse resultado em jogo válido pela 10.ª rodada, o Palmeiras chegou a 22 pontos, sendo ultrapassado na liderança pela Chapecoense, que venceu o Avaí e chegou a 23. De qualquer forma, o Palmeiras tem cinco de folga no G-4. Já o Guaratinguetá tem 11 pontos, no 13º lugar.

FUTEBOL INTERNACIONAL

Se no Barcelona o técnico Pep Guardiola ganhou nada menos que 14 de 19 títulos possíveis em quatro temporadas no clube catalão, o começo de sua jornada no Bayern de Munique não está sendo bom. Em sua primeira disputa de título, derrota para o rival Borussia Dortmund na Supercopa da Alemanha. Com mais de 80 mil torcedores ao seu lado, o time de Dortmund foi melhor e ganhou por 4 a 2.

Com três dias de atraso, que serviram para acertar os últimos detalhes de um contrato de cinco temporadas, a direção do Napoli, através de seu presidente Aurélio De Laurentiis, confirmou oficialmente neste sábado a contratação do centroavante argentino Gonzalo Higuaín, que defendia o Real Madrid. Os clubes não revelaram os valores da transferência, mas especula-se que tenha sido por cerca de 40 milhões de euros (pouco menos de R$ 120 milhões).

Aproveitando que o México não usou força máxima, uma vez que tinha a Copa das Confederações como prioridade, os Estados Unidos conquistaram, neste domingo, em Chicago, o título da Copa Ouro, torneio regional da Concacaf, confederação que reúne as Américas do Norte e Central, além do Caribe. Na decisão, o time norte-americano fez 1 a 0 no Panamá.

ESPORTES AQUÁTICOS

Atual campeã, a nadadora Ana Marcela Cunha não conseguiu repetir neste sábado o título conquistado nos 25km do último Mundial de Esportes Aquáticos. Em Barcelona, a brasileira não passou do 5º lugar. Com o tempo de 5h07min23s, ela chegou 3s7 atrás da campeã Martina Grimaldi, da Itália. Com os resultados deste final de semana, o Brasil se sagrou campeão das maratonas aquáticas do Mundial de Barcelona. A seleção brasileira somou 98 pontos contra 94 da Alemanha e 65 dos Estados Unidos, graças em parte aos resultados de Ana Marcela e Poliana Okimoto, medalha de ouro nos 10km.

FÓRMULA 1

Lewis Hamilton não se considerava favorito para o GP da Hungria desde o início da semana. Nem a pole position aumentou a confiança do inglês, no sábado. Mas, neste domingo, o piloto mostrou habilidade ao conseguir administrar os pneus da Pirelli, o ponto fraco da Mercedes na temporada, e venceu sua primeira corrida do ano, no Circuito de Hungaroring, em Budapeste. Kimi Raikkonen foi o segundo e Sebastian Vettel, o terceiro. Felipe Massa chegou em 8º.

BASQUETE

Se no adulto o Brasil está longe de reviver seus melhores mementos, nas categorias de base o basquete feminino brasileiro ainda consegue bons resultados. Neste domingo chegou ao fim o Mundial Sub-19, disputado na Lituânia, e a equipe treinada por Janeth Arcain terminou no sexto lugar.No jogo que valia a quinta colocação, neste domingo, a vitória foi da China, por 68 a 65.

TÊNIS

O russo Mikhail Youzhny se sagrou campeão do Torneio de Gstaad, na Suíça, neste domingo, ao vencer na final o holandês Robin Haase. Sexto cabeça de chave, o ex-Top 10 fechou a partida pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.Foi seu nono troféu de nível ATP na carreira e o primeiro deste ano.

HANDEBOL

A seleção brasileira masculina de handebol chegou a ser excluída antes do Mundial Júnior da Bósnia-Herzegovina por conta de uma dívida da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) com a Federação Internacional. Com o pagamento de parte do débito a inscrição do time foi confirmada e o que se viu na Europa foi a melhor campanha de uma seleção masculina do País em Mundial. O time treinado pelo espanhol Jordi Ribera, mesmo técnico da seleção principal, terminou o torneio na sexta posição. Neste sábado, disputou o quinto lugar contra a Holanda, mas acabou derrotado por 30 a 26.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.