Cinara Piccolo/ Photo&Grafia
Cinara Piccolo/ Photo&Grafia

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Novo técnico começa renovação na seleção masculina de handebol

Washington Nunes, ex-auxiliar, agora comanda a equipe

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2016 | 13h10

Passada a boa campanha nos Jogos Olímpicos do Rio, a seleção brasileira masculina de handebol agora dá mais um passo em sua renovação. Sob novo comando, do ex-auxiliar Washington Nunes, a equipe foi convocada para Torneio Quatro Nações, a ser disputado em São Bernardo do Campo (SP), com novidades. O ex-capitão Zeba se aposentou da seleção e, junto com Diogo Hubner e o veterano goleiro Maik Santos, não foi chamado.

Por outro lado, ganham chance jovens como o goleiro Pedro, o armador Ceretta e o ponta Wesley. "Fizemos o processo de convocação procurando manter uma grande base que foi aos Jogos Olímpicos, só que lá só podíamos ir com 14. Além disso, já havíamos discutido a importância de agregar jogadores mais jovens, como por exemplo o Ceretta, que é canhoto e de uma posição importante, que é o armador direito", comentou Nunes.

Auxiliar de Jordi Ribera, ele reassume o posto de treinador principal da seleção pelo menos até o Campeonato Mundial, em janeiro. O Torneio Quatro Nações será um dos eventos preparatórios, entre 4 e 6 de novembro, em São Bernardo. Além do Brasil, jogam Chile, Canadá e Cuba. Só o time chileno pode dar trabalho.

"Queremos dar continuidade à todo o processo que foi feito até agora e nos prepararmos muito bem para o Mundial. A ideia não é sair de um ciclo que se fecha, mas manter um ciclo em continuidade, como um espiral. Cada vez que os atletas voltam ao ponto inicial, voltam melhores e com mais qualificação", apontou.

CONFIRA A CONVOCAÇÃO:

Seleção Masculina de Handebol

Goleiros - César Bombom (OIF Arendal-Noruega), Pedro(Balonmano Cangas-Espanha) e Rangel Rosa (HC Odhorei-Romênia).

Armadores - Gabriel Ceretta (Barcelona-Espanha), Haniel (BM Ciudad de Logroño-Espanha), Toledo (Orlen Wisla Plock-Polônia), Leo Santos (CB Ademar León-Espanha), Oswaldo (Anaitasuna de Pamplona-Espanha) e Thiagus (Mol-Pick Szeged-Hungria).

Centrais - Henrique Teixeira (CB Huesca-Espanha) e João Pedro (Chambéry Savoie Handball-França).

Pontas - Alemão (Taubaté/Unitau/FAB), Chiuffa (Kif Kolding Kobenhav-Dinamarca), Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha) e Wesley (Taubaté/Unitau/FAB).

Pivôs - Tchê (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha), Panda Pinheiros) e Rogério (WC Vardar-Macedônia).

Mais conteúdo sobre:
Washington Nunes Brasil Handebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.