Novos recordes na Maratona de Curitiba

Dois recordes foram quebrados na 5ª Maratona Ecológica Internacional de Curitiba, neste domingo. Na prova masculina, o policial militar de Joinville João Gustavo de Assumpção fez os 42.195 metros em 2h17m59s, batendo a marca que Diamantino Silveira dos Santos havia registrado em 98, quando fez 2h18m53s. Este ano, Diamantino ficou na 10ª colocação. O queniano Joseph Cheromei, que há duas semanas havia vencido a Maratona de Florianópolis, desistiu na metade da competição, enquanto seu compatriota Joshua Kipchumba chegou em terceiro lugar, atrás do mineiro Jenilson Júnior da Silva. No feminino, a prova foi vencida pela goiana Marizete de Paula Rezende, com a marca de 2h42m21s, quebrando o recorde de 2h48m43s da brasiliense Maria Sandra Pereira da Silva, registrado em 99. A goiana venceu a quinta maratona este ano. Antes ela já tinha se sagrado campeã em Porto Alegre, Bandeirantes, São Paulo e Florianópolis. Os vencedores da maratona receberam R$ 10 mil como prêmio, além de R$ 1 mil por terem quebrado os recordes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.