Ross D. Franklin/AP
Ross D. Franklin/AP

Número de fãs de futebol americano triplica no Brasil

No intervalo de um ano, parcela da população seguidora do esporte chega a 3,6%, o que equivale a 3,3 milhões de interessados no País

O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2015 | 08h47

O futebol americano começa a ter mais seguidores no Brasil. Segundo pequisa do IBOPE Repucom, de 2013 para o ano passado a quantidade de fãs da modalidade triplicou, ao passar de 1,2% para 3,6% da população nacional, parcela que representa cerca de 3,3 milhões de interessados pelo esporte no país.

Para José Colagrossi, diretor executivo do IBOPE Repucom, o crescimento de fãs brasileiros pode ser explicado, principalmente, por dois motivos: o aumento do número de assinantes de TV por assinatura e o fato de jovens adultos preferirem esportes que promovam a satisfação instantânea, como é o caso do futebol americano, que possui jogos intensos e de muita estratégia.

“Este maior interesse internacional, inclusive do Brasil, pela liga e pelo esporte oferece várias oportunidades para marcas e detentores de direitos que têm interesse em entrar em uma modalidade que está emergindo globalmente, mas que, ao mesmo tempo, já é bem sucedida”, conclui o executivo.


O Super Bowl, decisão da Liga de Futebol Americano dos EUA, a NFL, é um dos grandes exemplos de marketing esportivo de sucesso. Para o jogo no Arizona entre New England Patriots e Seattle Seahawks, a veiculação de propaganda no intervalo requer um grande investimento das empresas. Um espaço de 30 segundos custara US$ 4,5 milhões (R$ 11,6 milhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.