Nuzman intervém em impasse na ginástica

Desde a semana passada, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, vem trabalhando nos bastidores com o objetivo de resolver o impasse entre a Confederação Brasileira de Ginástica (CBGin) e a técnica do Flamengo, Georgette Vidor. Na terça-feira, o dirigente atendeu uma solicitação da treinadora e a recebeu em seu gabinete e, ao final do encontro, ficou a promessa de uma tentativa de reaproximação entre a técnica e a presidente da CBGin, Vicélia Florenzano.Apesar de tentar apaziguar os ânimos, novamente exaltados após declarações de Georgette acusando a CBGin de não enviar para o Flamengo os equipamentos doados pelo então presidente da República Fernando Henrique Cardoso à ginasta rubro-negra Daniele Hypólito. Além disso, a treinadora também desdenhou da capacidade técnica da campeã Mundial nos exercícios de solo, Daiane dos Santos, ante sua atleta."Quero deixar claro que apoio totalmente o trabalho realizado pela professora Vicélia", disse Nuzman. "É um trabalho impecável, exemplar e digno de elogios." Georgette não quis comentar o assunto, a exemplo do dirigente, que reiterou seu desejo de acabar com as desavenças na ginástica. "Não podemos permitir que episódios como este prejudiquem a ginástica.Principalmente, após o crescimento e o prestígio conquistados", frisou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.