Nuzman reclama dos prazos das obras para o Pan

A quatro meses do início dos Jogos Pan-Americanos do Rio, o presidente do Comitê Organizador (CO-Rio), Carlos Arthur Nuzman, fez uma crítica velada aos parceiros governamentais. Para o dirigente, teria sido mais prudente se um prazo para o término das obras não tivesse sido estipulado, porque a mudança nos cronogramas de entrega é algo comum em competições deste porte.?A experiência mostra que não dá para anunciar prazos porque não é uma obra física. Tem outros fatores que influenciam?, afirmou Nuzman, ao falar sobre a constante mudança nas datas de entregas dos equipamentos do Pan. ?Nunca falei de prazos porque, às vezes, você se depara com um obstáculo. É como fazer obra em casa: pensa que acaba em um dia e só termina em outro.?Apesar dos problemas nas obras, Nuzman ressaltou ter a confiança de que tudo estará pronto a tempo, principalmente por causa do entrosamento entre os três níveis de governo: municipal, estadual e federal. O otimismo do dirigente foi demonstrado nesta terça-feira, no Rio, durante o lançamento dos uniformes que a delegação brasileira irá utilizar durante a disputa do Pan.Durante os Jogos, cada atleta brasileiro receberá uma mala com aproximadamente 70 itens de vestuário. Os uniformes têm por inspiração a natureza, que ficou caracterizada nos ?galhos e raízes de árvores? simbolizando as ?artérias? dos atletas presentes nas roupas do atletismo ou nos ?louros da vitória, que podem ser interpretados como asas? atrás das camisas e agasalhos a serem usados na Vila Pan-Americana e no pódio.E, para evitar problemas com outros fabricantes, a Olympikus, patrocinadora oficial do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e responsável pelo evento desta terça-feira, avisou que nadadores, esgrimistas, cavaleiros e iatistas estão livres para escolherem suas marcas preferenciais, porque a empresa não atua nestes segmentos esportivos.O futebol, por ter assinado o contrato com sua fornecedora antes de a Olympikus ter firmado vínculo com o COB, também estará livre para atuar com sua patrocinadora oficial. Mas há um entendimento para que os jogadores usem a roupa oficial na Vila Pan-Americana e na premiação no pódio, caso conquistem alguma medalha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.