O Brasil na torcida por Felipe Massa

Após um jejum de 17 anos e 288 GPs, o Brasil volta a ter na Fórmula 1 um piloto com chances reais de ser campeão. Desde a conquista do tricampeonato de Ayrton Senna, um domingo não amanhecia com tanto sabor de vitória. Mérito de Felipe Massa, que tem à frente a tarefa difícil, mas possível, de tirar os sete pontos de vantagem que o separam de Lewis Hamilton. Quando for dada a largada em Interlagos, o brasileiro irá acelerar em busca de algo inédito para a nação que se acostumou com pódios na F1: o troféu de campeão em casa. Na única vez em que um piloto disputou o título em seu país, saiu vitorioso - o italiano Giuseppe Farina, em 1950.As estatísticas históricas são realmente favoráveis: nos confrontos com os ingleses, os brasileiros sempre levaram vantagem. Em 1987, Nelson Piquet derrotou Nigel Mansell e foi campeão. Quatro anos depois, o britânico perdeu de novo, para Senna. Para chegar a Interlagos com chances de vencer o campeonato, Massa evoluiu muito. Deixou de ser o piloto inconstante e afobado para dar espaço ao corredor maduro, veloz e centrado. "A F1 tem campeões que não mereceram conquistar o título. Este não é o caso do Massa. Ele merece e muito. É difícil, mas dá para virar, ainda mais com a motivação de correr em casa e o apoio da torcida", diz Emerson Fittipaldi. A virada depende de uma combinação de resultados para descontar a vantagem do inglês. Situação idêntica à vivida por Kimi Raikkonen em 2007. "O Hamilton, de quem sou fã, também merece o título, mas cometeu muitos erros. Não duvido que ele perca a disputa como no ano passado", afirma Fittipaldi.Com a ajuda da matemática e do coro de milhões de brasileiros, agora é a vez de Massa. Aproveite cada segundo do 37º GP do Brasil.O BRASILEIRO FALA SOBRE O DESAFIOComo é disputar o título em casa?É motivo de orgulho. Se conseguir o título, será um sonho. Sei o que preciso fazer. É um GP normal e vou entrar para vencer. Não sinto pressão extra.Além do título, você tem outro sonho?Este ainda é meu grande objetivo. Mais para frente, quero ter um filho. Eu e a Rafa só não decidimos quando.A disputa nas pistas pode estragar a boa relação com Hamilton?Não sou de alimentar problemas ou guardar rancor. A disputa é inevitável e pode ganhar uma repercussão maior do que desejaríamos, mas não muda nada.Quando você se viu próximo e distante do título?A possibilidade de título ficou bem real depois das vitórias em Valência e na Bélgica. Em compensação, tudo ficou mais difícil após o problema em Cingapura.O que você fará após a bandeirada?Aconteça o que acontecer, quero apenas descer do carro com a consciência tranqüila, sabendo que me esforcei ao máximo para fazer meu trabalho e que dei o melhor que pude ao longo de uma longa e difícil temporada.DUELO DE TITÃSO equilíbrio entre Massa e Hamilton marcou as 17 etapas até agora. Veja os números da ?briga?MATEMÁTICA DO TÍTULOPara Massa ser campeão:Vencer e Hamilton ser 6º (desempate pela quantidade de vitórias)2º lugar e Hamilton ser 8º (desempate pelo número de 2º lugares)Para Hamilton ser campeão:Chegar à frente de Massa ou até 5º lugar6º ou 7º lugar e Massa ser, no máximo, 2º (não pode vencer a corrida)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.