Divulgação/São Bernardo
Divulgação/São Bernardo

O Corinthians no palco do nascimento de Lula

Time pega o S. Bernardo no Estádio 1º de Maio, onde o ex-presidente, neste domingo nas tribunas, iniciou trajetória

Bruno Deiro, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2011 | 00h00

Palco de multidões durante as greves sindicais do ABC, no fim da década de 70, o Estádio 1.º de Maio reabre oficialmente neste domingo seus portões no jogo entre o modesto São Bernardo e o Corinthians reserva, às 19h30, em noite repleta de lembranças para um convidado ilustre. Em seu berço político, o ex-presidente Lula, corintiano devoto, estará no camarote ainda cheirando a tinta do reformado estádio.

Lula surgiu no cenário nacional na chuvosa tarde de 13 de março de 1979, em um discurso para 60 mil grevistas no Primeirão, que era então chamado de Vila Euclides. Sem microfone, suas palavras de liderança eram repetidas verbalmente no estádio pelos grevistas até chegar às pessoas mais afastadas. Dali, o ex-metalúrgico foi reconhecido como um dos principais líderes sindicais no País e iniciou a trajetória até o Planalto.

Neste domingo, no máximo 15 mil vão acompanhar a partida em São Bernardo do Campo. Mas, no primeiro evento público após deixar a presidência da República, Lula optou por usar sua popularidade num momento difícil para seu time do coração. Antes do jogo decisivo contra o Tolima, pela pré-Libertadores, a partida será um termômetro da paciência da torcida em relação a Tite.

Segundo a assessoria de imprensa do São Bernardo, que fez o convite ao ex-presidente, Lula deve apenas acenar para as arquibancadas antes do jogo e falará somente após a partida, em coletiva, nos camarotes do estádio.

Reforma. O Estádio 1.º de Maio ficou fechado por 6 meses para a 1.ª etapa de sua modernização. A arena foi adequada ao Estatuto do Torcedor, teve capacidade aumentada de 13 mil para 15,8 mil pessoas e receberá os jogos do São Bernardo Futebol Clube, que faz sua estreia na elite paulista. O rival do Corinthians tem pouco mais de seis anos de existência (foi criado em dezembro de 2004) e teve rápida ascensão. Em pouco tempo, já concorre em popularidade com o Esporte Clube São Bernardo, clube mais tradicional que manda seus jogos no Estádio Baetão.

O Primeirão faz neste domingo sua abertura oficial, mas já foi usado na primeira rodada do Paulista, quando recebeu 10.534 pagantes na vitória do São Bernardo sobre o Grêmio Prudente (3 a 1).

Veja também:

linkDe olho no Tolima, equipe joga por reação

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.