O fator Emerson

Lembre de Emerson e de seu poder de decisão quando o Corinthians venceu o Boca Juniors, na Libertadores. Agora pense no Corinthians sem seu melhor jogador no Mundial. Esteve por um triz.

Paulo Vinícius Coelho, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2012 | 02h05

Como você sabe, Tite carrega no peito o orgulho de só escalar seu time de acordo com o que os jogadores fazem em campo, no dia a dia.

E desde julho, Emerson quase não jogou. Num time de homens de chuteiras, foi o único que calçou chinelos. Sua chance de jogar bem o Mundial era o sábado. Estar em campo poderia significar titularidade. Não estar...

Bem, Emerson seguiria viagem com os outros, mas com outro peso, outra forma de o técnico enxergar seu trabalho. Emerson não jogou bem contra o Santos, perdeu um gol na cara do goleiro Rafael. Prova de que ritmo de jogo é tudo. De que Tite estaria certo se não o escalasse no Japão, se não voltasse ao time.

O Chelsea, que ontem empatou contra o Manchester City, tem errado a saída de bola com frequência, jogada que o Corinthians adora fazer. Roubar e contra-atacar. No time preferencial de Tite, Emerson joga na esquerda e dá velocidade. Danilo na direita e oferece cadência.

Bola retomada no meio de campo, ali onde o Chelsea tantas vezes tem desperdiçado seus passes, exige do Corinthians velocidade.

Pode dar muito certo. Mas pode dar mais certo se Emerson for o ponta de lança, e não Martínez. Em alguns momentos, bom mudar o lado de Emerson com Danilo. O meia pela esquerda, Émerson à direita, às costas de Ashley Cole, o que mais erra na saída. Guerrero deve ser o centroavante.

E o Corinthians tem a receita para executar a difícil tarefa de dar à América o título mundial que não vem desde 2006. Ainda bem que Emerson voltou.

* OUÇA PAULO VINÍCIUS COELHO DIARIAMENTE NA RÁDIO ESTADÃO ESPN

Tudo o que sabemos sobre:
PVCPrancheta do PVCblog

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.