O inédito tri veio com gosto de desabafo

Pela primeira vez na história, o São Paulo foi tricampeão. E com gosto de desabafo. O time deu a volta por cima no campeonato, ficou 18 jogos invicto, descontou 11 pontos que o Grêmio trazia na liderança e levantou a taça. A polêmica com a denúncia de tentativa de manipulação do resultado do último jogo deixou o time inseguro. Mas a vitória contra o Goiás apagou tudo. Ao menos para os jogadores, comissão técnica e dirigentes da equipe, que comemoraram a conquista como se fosse a maior de suas vidas."Muita gente chegou a dizer que o São Paulo não ia chegar", reclamou o zagueiro Rodrigo. "Ainda tentaram nos atrapalhar com esta história de envelope para o juiz. Calamos a boca de todo mundo dentro de campo."O presidente Juvenal Juvêncio fez coro. Irônico, declarou: "Não queriam que o São Paulo vencesse de novo. Inventaram a história logo na véspera do jogo decisivo para nos desestabilizar. Mas o São Paulo tem jogadores, profissionais e dirigentes que sabem defender o clube."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.