O inimigo inesperado do inglês: um vídeo

Uma filmagem feita por um amador. Esse foi o primeiro ''''inimigo'''''''' enfrentando por Lewis Hamilton na China. A fita em questão foi o assunto do dia ontem, na pista de Xangai. Ela mostra o comportamento do inglês na relargada do GP do Japão, domingo, e poderia custar punição ao piloto da McLaren, se a manobra for considerada irregular - a FIA daria o ''''veredicto'''''''' nesta madrugada, pelo horário de Brasília.Os comentários, ontem, apontavam para a perda de 10 posições no grid. Há outras possibilidades: Hamilton largar domingo na última colocação e até mesmo a perda dos pontos da corda de Fuji. Bem como apenas uma reprimenda.O vídeo ''''delatando'''''''' Hamilton foi entregue à FIA pelo diretor-executivo da Toro Rosso, Franz Tost. No registrado pela câmara de um torcedor nas arquibancadas, o piloto da McLaren acelera desproporcionalmente atrás do safety car e, ao perceber que irá ultrapassá-lo - a regra impõe que deva estar no máximo a 5 metros do veículo -, tira o pé do acelerador. Mark Webber, da Red Bull, segundo, ao ver que iria passar Hamilton, o que também não é permitido, deixa de acelerar. Com a visibilidade ruim, Sebastian Vettel, da Toro Rosso, terceiro colocado, colide acelerando no carro de Webber.As imagens, inéditas, não deixam dúvida de que foi a imprudência de Hamilton a razão principal do acidente. O pior é que a direção de prova decidiu punir o alemão por ''''provocar o acidente''''''''.O grid do GP da China será definido às 3 horas de amanhã (horário de Brasília) e a TV Globo transmite ao vivo .

O Estadao de S.Paulo

05 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.