O Procon avisa: torcedores devem acionar a Justiça

Atenção, torcida palmeirense: os ingressos para o jogo de hoje foram confeccionados com o horário errado. Ao contrário das 19h45, confirmado pela Conmebol, o bilhete traz estampado erroneamente 21h50 como o horário da partida. O Procon avisa: quem perder o confronto entre Palmeiras e Sport por causa do erro de informação cometido pelo clube poderá pedir o ressarcimento do valor do ingresso. "E o torcedor que se sentir moralmente ofendido poderá entrar na Justiça", diz a assessoria do órgão.Torcedores que compraram os bilhetes promocionais anteriormente - o pacote para os três jogos do time no Palestra Itália pela Libertadores - também reclamam. Como mudou a empresa que confecciona e vende os ingressos - a Outplan entrou no lugar da BWA -, os palmeirenses precisam trocar suas entradas antigas pelas novas."O Palmeiras deve facilitar ao máximo a troca", informa o Procon. "Quem não conseguir trocar não pode ser barrado e ficar fora da partida."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.