Mark Schiefelbein/AP
Mark Schiefelbein/AP

Oito atletas da delegação de Camarões somem nos Jogos da Commonwealth

Camaroneses deixam grupo do país sem justificativa durante evento na Austrália

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2018 | 17h38

Um terço da delegação de Camarões nos Jogos da Commonwealth desapareceu nesta quarta-feira. Chefe de missão do país na Austrália, onde está sendo realizado o evento, Victor Agbor Nso anunciou que oito camaroneses sumiram da Vila dos Atletas sem prestar qualquer justificativa.

+ Neymar e Messi se unem contra a fome na América Latina e no Caribe

De acordo com a delegação camaronesa, foram três representantes do levantamento de peso e outros cinco do boxe que desapareceram da hospedagem localizada em Gold Coast. Dois deles inclusive já se ausentaram das provas que disputariam. Apesar disso, a organização do evento esclareceu que os atletas não infringiram nenhuma lei.

"Estes atletas são convidados aqui na Austrália. Eles ainda estão com seus vistos e têm o direito de viajar livremente", explicou o chefe-executivo da Federação dos Jogos da Commonwealth, David Grevemberg. "Agora, nós estamos preocupados com a segurança e bem-estar dos atletas. Estamos levando isto muito a sério e monitorando a situação com a delegação camaronesa."

Na própria Austrália, nos Jogos da Commonwealth de 2006, realizado em Melbourne, 26 atletas e dirigentes tentaram asilo político no país, sendo 14 de Serra Leoa. "Não quero soar blasé, mas eu não fico muito assustado com isso. Há um sistema para lidar com isso e será resolvido", prometeu o presidente do Comitê Organizador de Gold Coast, Peter Beattie.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.