Olimpíada fica mais longe do Brasil

Por apenas três votos de diferença, a cidade de Vancouver, no Canadá, foi aescolhida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para ser sede das Olimpíadas de Inverno de 2010. Os canadenses bateram as cidades de Salzburgo, na Áustria, e Pyeongchang, na Coréia do Sul, que ficou em segundo lugar. Essa será a terceira vez que oCOI levará um de seus principais eventos ao Canadá. O país da América do Norte já foi sede dos Jogos Olímpicos de Verão (Montreal), em 1976, e os de Inverno (Calgary), em 1988. A escolha, porém, não foi comemorada apenas em Vancouver. As delegações da Rússia, Espanha, Inglaterra e Alemanha também festejaram o fato de que os Jogos Olímpicos de Inverno ocorrerão fora da Europa apenas dois anos antes da realizaçãodas Olimpíadas de Verão de 2012. Na avaliação dos europeus, o fato de o COI ter escolhido uma cidade do continente americano para 2010 pode fortalecer as candidaturas das cidades européias, como Madri, Moscou, Londres e Leipzig, para as Olimpíadas em 2012. ?O COI prefere fazer uma rotação entre os continentes para a realização de seus eventos esportivos", reconheceu um porta-voz da entidade à Agência Estado, que preferiu não especular sobre o fato dos europeus estarem festejando a escolha de Vancouver. As candidaturas de cidades das Américas, portanto, poderiam ser enfraquecidas, entre elas a do Brasil. Toronto, que também estava em campanha para 2012, deve abandonar a corrida. Outras cidades, como Nova Iorque e Havana também podem ser afetadas de forma negativa. Nesta quarta-feira, em Praga, a primeira cidade a ser eliminada da corrida foi Salzburgo, que recebeu apenas 16 votos dos mais de 110 países votantes. Vancouver, porém, chegou em segundo lugar nessa primeira votação. Mas no final acabou superando a cidade coreana por 56 votos contra 53, graças aos votos europeus. Os canandenses, que gastaram perto de US$ 35 milhões com a candidatura, preferem não pensar que ganharam a sede dos Jogos apenas por uma questão de tática dos europeus. Há poucas semanas, um relatório do COI mostrou que Vancouver era a cidade mais bem preparada para o evento. O governo canadense promete gastar US$ 2 bilhões na preparação do evento, quegeraria 228 mil novos postos de trabalho e proporcionaria lucros de até US$ 10 bilhões para a região.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 19h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.