OneWorld é multado e sofre punição

O Painel de Arbitragem da America?s Cup puniu com severidade a equipe do veleiro americano OneWorld por quebra do regulamento da competição ? tinha em seu poder informações secretas do projeto de outros barcos ?, mas não chegou a desclassificá-lo da disputa. Além de multa de US$ 65 mil, a ser paga até a próxima segunda-feira, o OneWorld perderá um ponto a cada etapa da regata de que participar. Assim, o veleiro americano já começa em desvantagem a disputa da série melhor-de-sete regatas das semifinais da Louis Vuitton, diante do italiano Luna Rossa (Prada), que tem o brasileiro Torben Grael como tático. Cada regata vale um ponto. Se passar pelo Luna Rossa, o OneWorld enfrentará o perdedor da outra semifinal ? o suíço Alinghi ou o americano Oracle BMW ? depois de descontar um ponto. O OneWorld também perderá um ponto se chegar à série melhor-de-nove da final e ao confronto com o Team New Zealand pelo título da America?s Cup, em fevereiro. Problemas ? A disputa das semifinais, que deveria ter começado nesta segunda-feira, no Golfo de Hauraki, em Auckland, na Nova Zelândia, foi adiada para esta terça-feira em virtude da velocidade dos ventos, que chegou a 39 km/h ? segundo o regulamento, os ventos não podem exceder os 35 km/h. Os primeiros a largar serão o Alinghi e o Oracle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.