Onze atletas do Brasil estão classificados para Londres

Cinco nadadores conquistaram índice olímpico no Campeonato Sênior e no Torneio Open, encerrados ontem, no Rio

TIAGO ROGERO / RIO , O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2011 | 03h03

Terminou ontem, no Rio, a última chance do ano da natação brasileira para a conquista de índice técnico para a Olimpíada de Londres, em 2012. Nos cinco dias de disputa do Campeonato Brasileiro Sênior e do Torneio Open, no parque aquático Maria Lenk, cinco atletas conseguiram as marcas. A natação do Brasil terminará 2011 com 11 atletas (três mulheres e oito homens) classificados para Londres, em 12 provas individuais.

No revezamento 4x100m livre, a vaga está garantida no masculino, sem integrantes definidos. Os que não atingiram terão três chances, em 2012, para garantir vaga nos Jogos.

As provas do Sênior terminaram no sábado. Ontem, no Open, a esperança de conquista de índice estava em Joanna Maranhão, do Flamengo, e Fabíola Molina, do Minas Tênis Clube. Joanna, que na quinta-feira garantiu índice nos 400m medley (prova em que conquistou o 5.º lugar na Olimpíada de Atenas, em 2004), queria também o tempo nos 200m borboleta.

Apesar do ouro no Open, a nadadora, com 2m11s66, ficou acima do índice olímpico, de 2min08s95. Fabíola esperava atingir a marca nos 100m costas. Venceu o Open, com 1m01s48, mas era preciso nadar abaixo de 1m00s82.

Nas competições, os atletas estrearam os novos blocos de partida do Maria Lenk, importados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do mesmo modelo de Londres.

Time. Além de Joanna, conseguiram índice Graciele Hermann, nos 50m livre; Nicolas Oliveira, nos 100m livre; João Luiz Jr, nos 100m peito e Henrique Barbosa, nos 200m peito. Nicolas, Henrique e João atingiram marcas que os deixam entre os dois melhores tempos nas respectivas provas. Como somente dois atletas brasileiros podem se classificar em cada uma, as vagas são provisórias - podem ser superadas por outros nadadores.

A primeira chance para garantir vaga, no ano que vem, será o Campeonato Sul-Americano, em Belém (PA), de 14 a 18 de março. O Troféu Maria Lenk, no Rio, será disputado de 24 a 29 de abril. Em maio, os atletas terão a última chance. A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) criou o torneio Tentativa de Índice, entre 9 e 12 de maio, no Maria Lenk.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.