Operários têm aumento e Maracanã não para

Os operários das obras do Maracanã descartaram ontem a possibilidade de greve, após negociação salarial. Eles terão reajuste de 11%, cesta básica de R$ 330, hora extra de 80% e 2 salários de participação nos lucros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.