Organização do Rally Dakar desclassifica 27 carros

A organização do Rally Dakar anunciou nesta terça-feira que 27 carros foram desclassificados da competição. Os competidores foram excluídos porque perderam três pontos de passagem obrigatória consecutivos, o que fere o regulamento do rali.

AE, Agencia Estado

05 de janeiro de 2010 | 16h34

Entre as duplas excluídas estão cinco parcerias brasileiras: Reinaldo Varela/Erley Ayala, Julio Bonache/Lourival Roldan, Klever Kolberg/Giovanni Godoi, Sven Fischer/João Stal e Sérgio Williams/Rodrigo Konig.

Em 2009, dezenas de pilotos também perderem três pontos de passagem seguidos durante o Rally Dakar. Inicialmente eles foram desclassificados, mas os comissários reviram a penalidade e na ocasião aplicaram uma punição de tempo aos competidores.

Entretanto, nesta edição do evento a organização não deve mudar de ideia. "Nós conversamos durante muito tempo com os comissários, mas ao contrário do ano passado eles estavam irredutíveis. É muito triste deixar o Dakar desta forma", disse Reinaldo Varela, um dos excluídos.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally Dakardesclassificação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.