Os brasileiros que podem surpreender na Olimpíada

Os brasileiros que podem surpreender na Olimpíada

Lista de medalhas do País pode aumentar com atletas, como Fabiana Murer, e equipes, como o basquete masculino

LONDRES, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2012 | 03h04

O esporte não é uma essência exata. Assim, surpresas acontecem. A lista de medalhas do Brasil poderá ganhar um aumento substancioso, caso a sorte esteja do lado de nossos atletas.

Fabiana Murer, campeã mundial do salto com vara, vai torcer para que a russa Yelena Isinbayeva repita dia 6 o péssimo desempenho de sexta-feira na Liga Diamante, em Mônaco, quando fracassou em suas três tentativas. Caso isso aconteça, a brasileira passa a sonhar com o ouro.

O vôlei masculino e o vôlei de praia não chegam a Londres como favoritos, como ocorreu nas últimas edições dos Jogos. Mas sempre devem ser vistos com possibilidades de surpreender.

Longe dos Jogos há 16 anos, o basquete masculino parece querer recuperar o tempo perdido. O bom desempenho na recente derrota para os Estados Unidos, em Washington, por 80 a 69, semana passada, fez o técnico norte-americano Mike Krzyzewski rasgar elogios aos comandados do argentino Rubén Magnano.

O handebol feminino também aposta em seu ótimo momento, após o quinto lugar inédito no Mundial do ano passado. Já o futebol feminino aposta no talento de Marta, cinco vezes eleita a melhor do mundo pela Fifa, para buscar o ouro, após duas conquistas seguidas da prata.

No boxe, Everton Lopes vem credenciado com o título mundial conquistado para buscar um lugar entre os três primeiros colocados. Esquiva Florentino é outro boxeador com chance de chegar na disputa por medalhas.

Para fechar, o hipismo tem Álvaro de Miranda Neto, o Doda, que vai em busca de sua primeira medalha individual, após dois bronzes por equipes. / W.B.

Tudo o que sabemos sobre:
Outros Esportes Olimpíadas 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.