Os estádios que não passaram da maquete

CORINTIÃO ILocal: Parque São JorgePresidente: Wadih HeluAno do projeto: 1968Capacidade prevista: 133.500 espectadoresPrevisão de construção: 5 a 6 anosCusto: não estimadoO que aconteceu: Foi abandonado com o tempo, devido à falta de apoio e à pouca arrecadação do projeto de carnês.CORINGÃO ILocal: Parque São JorgePresidente: Vicente MatheusAno do projeto: 1975Capacidade prevista: 120 mil pessoasPrevisão de construção: 2 anosCusto: Cr$ 5 bilhões (quase R$ 2 bilhões, em valores atuais)O que aconteceu: Matheus resolveu, pouco tempo depois, tocar o projeto para um estádio com maior capacidade, em novo local.CORINGÃO IILocal: ItaqueraPresidente: Vicente MatheusAno do projeto: 1980Capacidade prevista: 200 mil espectadoresPrevisão de construção: até dez anos (por etapas)Custo: Cr$ 1 bilhão (quase R$ 130 milhões atuais)O que aconteceu: Matheus fez de tudo para que ele saísse do papel. Levou até presidente da República ao clube. E foi abandonado de vez em 1983, alegando que a prefeitura não urbanizou a região, por isso não começou a obra. FAZENDINHA I (coberta)Local: Parque São JorgePresidente: Waldemar PiresAno do projeto: 1983Capacidade prevista: 41 mil espectadoresPrevisão de construção: 3 anosCusto: Cr$ 6 bilhões (cerca de R$ 98 milhões de hoje)O que aconteceu: A época era da Democracia Corintiana e foi lançado na fase em que o projeto entrava em decadência. Foi esquecido com o tempo.FAZENDINHA IILocal: Parque São JorgePresidente: Alberto DualibAno do projeto: 2002Capacidade prevista: 35 mil espectadoresPrevisão de construção: 1 anoCusto: R$ 10 milhões (cerca de R$ 15 milhões de hoje)O que aconteceu: O dinheiro seria emprestado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), para ampliar o local. Não saiu do papel.FIELZÃO ILocal: Rodovia dos Bandeirantes ou Ayrton SennaPresidente: Alberto DualibAno do projeto: 1997Capacidade prevista: 45 mil espectadoresPrevisão de construção: 3 anosCusto: US$ 50 milhões (cerca de R$ 150 mihões atuais)O que aconteceu: A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.) vetou o projeto, pelos problemas que traria a obra em suas rodovias. Seria construído com a ajuda do extinto e ex-parceiro Banco Excel.FIELZÃO IILocal: Rodovia Raposo Tavares, km 18,5Presidente: Alberto DualibAno do projeto: 1999Capacidade prevista: 40 mil espectadoresPrevisão de construção: 2 anosCusto: US$ 100 milhões (cerca de R$ 257 milhões de hoje)O que aconteceu: A HMTF, parceira na época, comprou o terreno de 48 hectares e, por falta de investidores, desistiu quando encerrou a parceria com o clube, em 2001.FIELZÃO IIILocal: Marginal do TietêPresidente: Andrés SanchezAno do projeto: 2008Capacidade prevista: 52 mil torcedoresPrevisão de construção: 2 anosCusto: R$ 350 milhõesO que aconteceu: O projeto ainda nem foi avaliado pela direção do clube e a comissão que o estudava já se dissolveu. Por causa da pressão de todos os lados, corre o risco de ser arquivado.-

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.