Paolo Giovannini/AP
Paolo Giovannini/AP

Oscar Pistorius fatura prata em última corrida antes da Olimpíada

O corredor, que próteses de fibra de carbono, só ficou atrás do norte-americano Calvin Smith

AE, Agência Estado

17 de julho de 2012 | 19h47

LIGNANO, ITÁLIA - Às vésperas de sua primeira Olimpíada, o sul-africano Oscar Pistorius ficou em segundo lugar na prova dos 400 metros disputada na Itália, nesta terça-feira. O corredor, que tem as duas pernas amputadas e utiliza próteses de fibra de carbono, fez o tempo de 46s56 e só ficou atrás do norte-americano Calvin Smith, com 45s52.

Apesar da boa colocação, Pistorius ficou quase 1 segundo e meio acima do seu melhor tempo na distância. Na mesma competição, em 2011, ele marcara 45s07, tempo que poderá lhe garantir uma medalha nos Jogos de Londres.

"O meu tempo não está entre os melhores. Mas estou bem física e mentalmente. Acho que gastei muita energia nos últimos dias nos treinos e no contato com a imprensa. A prova foi boa, me senti bem, só perdi um pouco de aceleração na metade do trecho", comentou Pistorius, que foi muito assediado nas últimas semanas por causa da conquista do inédito índice olímpico.

O sul-africano será o primeiro atleta amputado do atletismo a disputar uma Olimpíada. Seu caso, no entanto, foi o mais emblemático por conta da dificuldade do corredor de obter a vaga olímpica. Pistorius bateu na trave em Pequim/2008, ao ficar pouco abaixo do índice. Sua tentativa levantou polêmica em relação às próteses, que poderiam lhe dar vantagem na pista.

Em Londres, o sul-africano disputará os 400 metros e o revezamento 4x400m do seu país. Pistorius, porém, ainda não sabe qual trecho do revezamento vai correr. "Prefiro ser o terceiro a competir, acho que seria o melhor trecho para mim. Gosto muito do revezamento. Sempre preferi esportes coletivos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.