Reprodução
Reprodução

Ótica britânica faz anúncio lembrando gafe com bandeira coreana

Loja sugeriu que organização dos Jogos comprasse óculos depois do incidente diplomático na Olimpíada

Reuters

27 de julho de 2012 | 09h57

LONDRES - Uma rede britânica de óticas viu uma oportunidade de ouro nesta sexta-feira depois que a organização da Olimpíada cometeu a gafe de mostrar na quarta-feira a bandeira da Coreia do Sul em uma partida de seleção de futebol feminina da Coreia do Norte.

A Specsavers publicou anúncios nos jornais nacionais com a bandeira da Coreia do Norte acima da sul-coreana e, em coreano, uma mensagem sugerindo que as autoridades dos Jogos os visitem para uma consulta.

O slogan normal da empresa, usado em comerciais mostrando casos constrangedores de identidade trocada, é 'Deveria ter procurado a Specsavers'.

A gafe em Glasgow, na Escócia, na quarta-feira provocou um incidente diplomático - as norte-coreanas saíram do gramado e a partida foi adiada em mais de uma hora.

A Locog (Comitê Organizador da Olimpíada de Londres, na sigla em inglês) se desculpou e prometeu que o erro não voltaria a acontecer.

(Por Alan Baldwin)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.