Bruno Cantini / Atlético Mineiro
Bruno Cantini / Atlético Mineiro

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

'Otimista', Oswaldo diz confiar em vaga do Atlético-MG na Libertadores

Empate no Rio deixa o alvinegro no nono lugar na tabela de classificação do Brasileirão

Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 10h34

Apesar do empate com o Vasco por 1 a 1, o técnico Oswaldo de Oliveira se disse otimista quanto à vaga do Atlético Mineiro na próxima edição da Copa Libertadores. Ao fim da partida, disputada em São Januário, o treinador atleticano garantiu que sua equipe tem boas chances de obter a classificação.

+ Tabela do Campeonato Brasileiro

+ Em jogo movimentado, Vasco e Atlético-MG empatam em São Januário

Com o empate desta noite de quarta-feira, em confronto direto com o Vasco, o Atlético subiu para o nono lugar, com 47 pontos, a três do Flamengo, primeiro equipe dentro da zona de classificação. O time rubro-negro, contudo, ainda jogará contra o ameaçado Coritiba nesta quinta. O Vasco aparece em oitavo, com 50.

"Continuo otimista. São nove pontos a serem jogados. Podemos chegar a 56 pontos. Os outros times também vão jogar e não é impossível vencermos os três jogos e os adversários largarem pontos pelo caminho. Então, vamos continuar acreditando", comentou o treinador, em São Januário.

Oswaldo, contudo, admitiu que o cansaço neste fim de temporada preocupa a comissão técnica. "Já falei com eles, vamos procurar fazer uma recuperação excelente porque o time está realmente cansado, com viagens. Viemos direto da Bahia para cá. Isso castiga muito, não só no aspecto físico, mas mental também", comentou.

A reação atleticana pode vir no domingo no duelo contra o Coritiba. O Atlético terá a vantagem de jogar em casa, no Independência. "Vamos procurar fazer uma recuperação de muito bom nível para, domingo, tentarmos vencer a partida. Se vencermos no domingo, com uma semana para trabalhar, podemos aspirar bastante, ainda, uma classificação", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.