Pablo Paulino tira a melhor nota do dia em Florianópolis

O segundo dia do Mormaii Costão Pro, evento seis estrelas do World Qualifying Series (WQS) de surfe, na Praia do Santinho, em Florianópolis, teve como destaque uma ótima apresentação do cearense Pablo Paulino, que conseguiu a melhor nota de onda do campeonato até agora, 9,50. Foi uma recompensa para o surfista, que já foi campeão mundial júnior. Ele está trabalhando para aproveitar a etapa brasileira e conquistar pontos importantes rumo à vaga na Divisão de Elite do surfe, o World Championship Tour (WCT) de 2008. "Estou tão focado no meu objetivo de disputar o WCT no ano que vem que nem vou participar do Supersurf (o Campeonato Brasileiro). Vou colocar toda a minha energia no WQS, tanto que estou surfando aqui em Florianópolis desde sábado", disse Paulino depois da bateria. "Para mim as condições das ondas desta quarta estavam melhores que as de terça, porque a formação estava mais perfeita." De fato, as ondas de um metro a um metro e meio na Praia do Santinho proporcionaram, inclusive, alguns tubos. Os estrangeiros, no entanto, conseguiram as melhores médias do dia. O destaque foi o havaiano Ola Eleogram, 14,36, seguido do australiano Leigh Sedley, 14,23. Mas os brasileiros não fizeram feio. Rafael Becker, local de Florianópolis, conseguiu nota 14,20 e William Cardoso, 14,17, empatado com o americano Darryl Goodrum.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.