Steve Marcus/Reuters
Steve Marcus/Reuters

Pacquiao vence Mosley por decisão unânime

Filipino mantém título de campeão peso meio-médio e leva 20 milhões de dólares

Efe,

08 de maio de 2011 | 04h12

LAS VEGAS - O filipino Manny Pacquiao dominou, este domingo, 8, o americano Shane Mosley e manteve o título de campeão peso meio-médio, da Organização Mundial de Boxe (OMB), durante luta realizada no MGM Grand Garden Arena.

Depois que os pugilistas entraram no ringue, no terceiro assalto, Mosley lançou uma grande esquerda e conectou-se a Pacquiao, o pugilista filipino o fez no décimo assalto, mas foi mais bem-sucedido por um empurrão de seu rival, do que pelo efeito de um golpe.

Pacquiao, de 32 anos, que ganhou o prêmio de 20 milhões de dólares, conquistou o 14º combate consecutivo.

O juiz Glenn Trowbridge pontuou 119-108; Dave Moretti o fez com 120-108 e Duane Ford lançou 120-107 para Pacquiao, que demonstrou estar enfurecido com o árbitro da luta, Kenny Bayless, ao dar como queda o empurrão feito por Mosley no décimo assalto.

O adversário do filipino, Mosley, levou o prêmio de cinco milhões de dólares, deixou sua marca em 46-7-1, com 39 vitórias pela via rápida, e voltou a perder por decisão unânime, como o fez frente ao invicto Floyd Mayweather Jr.

O vencedor ao concluir a luta tinha prevista uma festa, um concerto musical no boulevard principal de Las Vegas, e deixou sua marca em 53-3-2, com 38 nocautes, mas, desta vez, não pode ganhá-la pela via rápida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.