Pai do boxeador Hatton é preso após agredir filho

O pai de Ricky Hatton foi preso por suspeita de atacar seu filho um dia antes de o britânico anunciar o seu retorno, noticiou a BBC neste sábado.

Reuters

15 de setembro de 2012 | 12h51

Ray Hatton, 61, recebeu uma ordem de prisão após o suposto incidente no lado de fora da academia de Ricky Hatton em Hyde, na Grande Manchester, na quinta-feira.

Hatton, 33, e seu pai trocaram socos após uma acirrada discussão, noticiou o The Independent.

O porta-voz da polícia local declarou:que a polícia recebeu relatos de que haveria uma briga envolvendo dois homens em uma academia na Market Street. "Um homem de 33 anos foi agredido por um idoso de 61 anos, que foi preso por suspeita de agressão comum e foi subsequentemente recebeu advertência policial."

O comunicado diz que o homem de 33 anos não foi ferido. Hatton, ex-campeão mundial dos meio-médios e meio-médio ligeiros, confirmou na sexta-feira que iria retornar ao boxe profissional com uma luta contra um oponente ainda não-definido em Manchester no próximo mês de novembro.

Ele se retirou com um registro de 45 vitórias, 32 nocautes e 2 derrotas após sofrer um devastador nocaute em dois rounds para Manny Pacquiao em maio de 2009. Ele deu entrada em uma clínica de reabilitação em Londres em 2010, depois de ser alvo de alegações de vício em cocaína.

(Escrito por Stephen Wood)

Tudo o que sabemos sobre:
BoxeRicky Hatton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.