Pais de Daine acompanham filha pelo rádio

Os pais da ginasta Daiane dos Santos, Magda e Moacir, não puderam acompanhar pela tevê as finais da filha no solo e salto sobre o cavalo, medalhas de ouro e prata, respectivamente, na etapa de Lyon, da Copa do Mundo de Ginástica, na França. Sem tevê a cabo em casa, o casal teve de se contentar com a narração ao vivo da Rádio Gaúcha. "O nosso bairro (Hípica) é cercado de morros e os cabos de rede ainda não chegaram por aqui. Mesmo acompanhando pela rádio, vibramos muito", contou Moacir, que só foi assistir à apresentação à tarde. Daiane ligou para os pais hoje à tarde. "Ela estava muito feliz. Mais feliz ainda pela medalha no salto sobre o cavalo, prova que ela vem treinando muito", contou o pai. Com a prata no salto sobre o cavalo, a brasileira subiu 16 posições no ranking da Federação Internacional de Ginástica. Agora, ela é a 17ª, com 53,40 pontos. A liderança é da Oxana Chusovitina, do Usbequistão, medalha de ouro na França, com 469,90 pontos. No solo, Daiane segue no topo do ranking da FIG, com boa vantagem para a segunda colocada, a espanhola Elena Gomez. Daiane soma 265,50 pontos contra 199,50. A terceira na lista é a russa Svetlana Khorkina, seguida pela romena Catalina Ponor, vice-campeã na etapa de Lyon, subiu do décimo para o quarto lugar. Outra brasileira está entre as dez melhores do mundo no solo. Mesmo sem competir no solo, na França, Daniele Hypólito aparece em sétimo lugar no solo, com 129,50 pontos. As ginastas Daiane dos Santos, Daniele Hypólito e Ana Paula Rodrigues embarcaram hoje para Grécia, onde se encontraram com as outras integrantes da equipe permanente brasileira de ginástica - Camila Comin, Caroline Molinari e Laís Souza -, para participar do evento teste, para Olimpíada de Atenas, em agosto, que começa quarta e vai até domingo. Esta é a primeira vez que o Brasil recebe o convite para participar da competiçãoNa competição, estarão presentes as principais adversárias do Brasil, como a espanhola Elena Gomez (vice- campeã mundial de solo) e a russa Svetlana Khorkina (campeã mundial individual geral), que não participaram nas duas primeiras etapas da Copa do Mundo - Cottbus e Lyon -, assim como não vão participar da etapa brasileira da competição, entre os dias 2 e 4 de abril, no Rio de Janeiro. Para etapa do Rio, a família de Daiane está pensando em "fazer uma caravana" para ver as acrobacias da filha de perto. Desde o dia 5 de janeiro, Daiane não vai à Porto Alegre. "Estamos pesquisando preço de passagem de ônibus, hospedagem, essas coisas", contou Moacir. Mas o maior sonho da família é poder ver a filha brilhar em Atenas. "Não temos condições de ir, mas sonhar, a gente sempre sonha.

Agencia Estado,

15 de março de 2004 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.