País leva cinco às provas na Lagoa

1O esqui aquático do Brasil cai hoje na água da Lagoa Rodrigo de Freitas, com equipe formada por cinco atletas: Juliana Negrão, de 17 anos, a única mulher, Thiago Gerin, Marcelo Giardi (o Marreco) e os irmãos Felipe e Fernando Neves - esse, esperança de medalha. As três provas do esqui aquático do Pan são slalom, salto de rampa e truques. No slalom, o competidor precisa completar um percurso delimitado por bóias. Vence quem ultrapassar mais bóias, com a corda mais curta - ela é encurtada a cada obstáculo vencido. Nos truques, o atleta tem duas séries de 20 segundos para executar manobras que valem pontos. No salto de rampa, vence quem saltar mais longe e voltar à água esquiando. Há ainda o wakeboard, no Pan como esporte de exibição, disputado sobre prancha semelhante à do snowboard. Marcelo Giardi representa o País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.