Palmeiras cancela homenagem a Valdivia

Valdivia realizou no domingo a centésima partida com a camisa palmeirense, mas a homenagem que estava programada para ele ontem, na Academia de Futebol, foi cancelada. O motivo? A má fase do time.

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2010 | 00h00

O chileno foi a campo sete vezes desde que voltou ao Palmeiras. No domingo, atuou apenas na segunda etapa no empate sem gols com o Vasco. A assessoria de imprensa do clube avisou aos jornalistas que Valdivia receberia uma placa ontem e daria entrevista. A homenagem, porém, foi interna e o Mago não conversou com ninguém.

O Palmeiras não vence há quatro jogos e achou melhor evitar um clima de "oba-oba" na Academia. "Acho que a marca do Valdivia tem de ser comemorada", disse o goleiro Deola, estranhando o cancelamento do combinado. "Deve ser um outro motivo, não pelo momento do clube."

A homenagem que seria para o chileno acabou sendo para alguém que pouco acompanha o futebol. Jadel Gregório esteve na Academia de Futebol para visitar o amigo Marcos e recebeu uma camisa personalizada com seu recorde sul-americano no salto triplo (17,90 m).

Amanhã, o time visita o Grêmio, em Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.