Palmeiras confirma dispensas e anuncia primeiro reforço para a Segundona

Reunião de dirigentes com Gilson Kleina define as primeiras mudanças e começam a surgir nomes para encarar 2013

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2012 | 02h05

SÃO PAULO - A partir desta quarta, o Palmeiras inicia uma nova fase de seu futebol. A tão esperada e pedida reestruturação do elenco começou e junto com ela uma caças às bruxas. Jogadores descompromissados ou que simplesmente não têm condições técnicas de defender o clube já estão sendo afastados pela diretoria.

Uma reunião composta pelo presidente Arnaldo Tirone, o gerente de futebol, César Sampaio, e o técnico Gilson Kleina definiu o futuro de alguns jogadores. Leandro Amaro, Leandro, João Vitor, Daniel Carvalho e Betinho não jogam mais pelo Palmeiras. A vontade da diretoria e de Kleina era dispensar alguns atletas, mas existe a possibilidade de os "dispensáveis" serem mantidos no elenco para evitar problemas com o Sindicato dos Atletas e ajudar a compor o time durante os treinamentos.

Outros jogadores também devem ser considerados cartas fora do baralho, mas ainda passarão por uma nova análise de Kleina. O meia Valdivia pode ser usado como moeda de troca em alguma transação que envolva valores mais altos. "O Palmeiras precisa trazer um jogador de impacto. Não sei se vamos conseguir, mas eu gostaria de trazer", disse Tirone.

Confiante, o dirigente garantiu ainda que Barcos não será negociado enquanto ele for presidente. "O Barcos fica. Ele é um jogador importante e vamos explicar para ele que disputar a Série B não é o fim do mundo."

Tirone também já projeta chegadas. Ele confirmou que o lateral-direito Ayrton, do Coritiba, é a primeira contratação para 2013. O Estado informou sobre o acerto com o jogador no dia 11 de outubro, mas na época o vice-presidente Roberto Frizzo havia negado a contratação.

A diretoria tem interesse em Elkeson. No ano passado, o clube tentou sua contratação, mas o atacante Tadeu não aceitou ir para o Vitória e no fim o meia foi parar no Botafogo. Valdivia pode ser oferecido como moeda de troca, mas a preferência de Elkeson é jogar fora do Brasil. Kleina vai aproveitar os dois últimos jogos - contra Atlético-GO e Santos - para ver quais dos garotos têm condições de continuar para o ano que vem.

Bruno Dybal, Diego Souza e Wellington devem ganhar uma oportunidade diante dos goianos, no domingo. E a grande novidade é o goleiro Raphael Alemão. Nos treinos de hoje e amanhã, Kleina vai testá-lo como titular e são grandes as chances de atuar contra o rubro-negro.

Nesta quarta será realizada na casa de Tirone uma reunião entre ele e os candidatos à presidência Wlademir Pescarmona, Paulo Nobre e Décio Perin. Dentre outros assuntos, será conversado a possibilidade da contratação de Vanderlei Luxemburgo, que ontem negou contato. "Não recebi proposta do Palmeiras. Portanto, não disse não a nada. No momento só trato de minha renovação com o Grêmio", escreveu o treinador, em sua página no Twitter.

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeirasbrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.