José Patrício/AE
José Patrício/AE

Palmeiras enfim deve colocar o seu 'trio ideal' no ataque

Centroavante esperado por Felipão, Wellington Paulista deve ser titular ao lado do amigo Kleber e de Valdivia na quinta-feira

, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2011 | 00h00

SÃO PAULO - Felipão sempre pediu mais um jogador de ataque para o Palmeiras não depender apenas de Kleber e Valdivia. Ganhou Wellington Paulista e, quinta-feira, diante do Santo André, no Pacaembu, ele deve ter seu trio ofensivo ideal desde o começo na busca por vaga às quartas de final da Copa do Brasil. Um empate basta à equipe, que ganhou no ABC por 2 a 1, gols de Kleber.

O Gladiador está à disposição do treinador, Valdivia - recuperado de dores musculares - participou normalmente do treino desta segunda e Wellington Paulista, que entrou nos minutos finais do jogo de ida, na segunda mostrou bastante fôlego e pontaria no treino de finalizações.

Convocado para a coletiva, indício de que iniciará a partida, Wellington Paulista esbanjou sorrisos e revelou um motivo a mais para ir bem em sua "estreia" como titular: completa 28 anos na sexta-feira, e ganharia um presente antecipado.

"O objetivo é sempre pensar em coisas boas e, se eu atuar como titular, será ótimo, fantástico. Vou procurar ajudar meus companheiros e fazer um grande jogo", avisou Wellington, que chegou pronto do Cruzeiro. "Caso eu comece no banco, também não vai ter problema. O Felipão sabe como escalar o time e eu vou incentivar e estar do lado do grupo da mesma maneira", enfatizou.

Pierre volta a treinar. Sem jogar desde o ano passado, o volante Pierre fez nesta segunda o seu primeiro treino com bola da temporada. O jogador, um dos destaques do time no título do Campeonato Paulista de 2008, foi para a reserva a partir da chegada de Luiz Felipe Scolari e passou por cirurgia na planta do pé direito no dia 14 de janeiro.

Em tese, já teria condições de jogo. Porém, o próprio Pierre e o preparador físico Anselmo Sbragia preferem adotar a cautela devido ao longo período de inatividade. "Já é uma felicidade só de participar dos treinos com bola. Demorou esse momento, mas chegou. Agora, o mais importante é entrar no ritmo para poder ficar à disposição o mais rápido possível", disse Pierre.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Wellington Paulista pode começar como titular contra o Santo André

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.