Palmeiras espera dobrar patrocínio

O Palmeiras está perto de anunciar a prorrogação de contrato com a Adidas. A fornecedora de material esportivo tem vínculo com o clube até o fim de 2011, mas a ideia é ficar até o centenário alviverde, em 2014.

, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2010 | 00h00

A diretoria está empolgada e fala que este será o maior contrato entre os clubes no Brasil - o acordo pode chegar a R$ 18 milhões anuais. Atualmente, o Palmeiras recebe cerca de R$ 9 milhões por ano. O clube também terá direito a abrir lojas próprias e espera receber um adiantamento do dinheiro já em dezembro, que será utilizado para pagar dívidas e em futuras contratações, como os renomados Ronaldinho Gaúcho e Adriano.

O Corinthians, contudo, segue na frente na corrida para fechar com o Imperador. O atacante deve se despedir da Roma no dia 18 e chegar ao País dois dias depois para passar as festas de fim de ano com a família, no Rio.

Um encontro com o presidente Andrés Sanchez na cidade, como ocorreu com Ronaldo, em dezembro de 2008, selaria um acordo. Ronaldo, por sinal, é quem está intermediando toda a negociação e já ouviu do amigo um "sim" para formarem dupla em 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.